DOAR AGORA

Manifesto por justiça para Daiane Griá Sales, do povo Kaingang, vítima de feminicídio

Manifesto por justiça para Daiane Griá Sales, do povo Kaingang, vítima de feminicídio
6 de agosto de 2021 COMIN Comunicação

 

Manifesto por justiça

 “Ouvi o clamor do meu povo”
(Êxodo 3.7)

 Os povos indígenas do Brasil clamam por justiça para Daiane Griá Sales, do povo Kaingang (Terra Indígena Guarita, Redentora/RS), vítima de um feminicídio cruel e brutal.  A realidade de atrocidade e violência afeta todos povos indígenas. Em muitas circunstâncias, a violência e os feminicídios contra as mulheres indígenas são silenciados e invisibilizados.

A apuração dos fatos e a responsabilização são imperativos neste momento. Assim como a solidariedade à família e toda comunidade da TI Guarita, que choram e clamam por justiça. É urgente unir forças para a superação de todas as formas de violência que estão vinculadas com a intolerância e racismo contra os povos indígenas, com atenção às que ocorrem contra a vida das mulheres, jovens e crianças.

A FLD-COMIN-CAPA manifesta solidariedade à família de Daiane, pedindo consolo e conforto, nesta hora de dor. Também nos juntamos ao clamor por justiça e superação da violência, que órgãos responsáveis atuem na apuração dos fatos e para impedir as violações contra os povos indígenas. Vidas indígenas importam. Quem mata uma mulher, mata a humanidade! Nem pense em nos matar!

Previous Next
Close
Test Caption
Test Description goes like this
eskişehir escort - escort eskişehir - mersin escort - izmir escort - bursa escort bayaneskişehir escort - escort eskişehir - mersin escort - izmir escort - bursa escort bayan