DOAR AGORA

Aprendizagens coletivas adequadas ao contexto da comunidade

Aprendizagens coletivas adequadas ao contexto da comunidade
16 de fevereiro de 2009 zweiarts

Em minha caminhada cotidiana junto às comunidades indígenas, da Terra Indígena Guarita (RS), venho percebendo continuamente a necessidade de compreender e conhecer as características específicas da cultura, como: saberes, costumes, valores, crenças, etc. A inter-relação com os grupos de mulheres indígenas: gestantes, nutrizes e mães de crianças com carência nutricional é uma alternativa possível para desenvolver práticas educativas voltadas à promoção da auto-estima nas relações de gênero e de segurança alimentar das famílias.

Em dezembro próximo passado, por motivo da chegada do Natal, foi-nos solicitada a doação de doces para os setores onde desenvolvemos o trabalho de Assessoria em Saúde e Alimentação (ASA). Conversei com os grupos constituídos de mulheres indígenas, apresentei a proposta de preparar bolachas em conjunto na comunidade. Após o assunto ser familiarizado entre as mulheres do grupo, agendamos oficinas de preparo de bolachas.

O grupo de mulheres da aldeia Katiu Griá, em conjunto com a Agente Indígena de Saúde (AIS), Iraci Minka Pedro, organizou a cozinha comunitária para ser o espaço de trabalho coletivo. Preparamos receitas de bolachas integrais e de manteiga. Os ingredientes utilizados no preparo das bolachas são ricos em nutrientes e é uma alternativa a mais de segurança alimentar para as famílias.

A interação entre os grupos de mulheres foi muito produtiva. Todas colaboraram com a prática do preparo das bolachas. Enquanto provavam o sabor característico das bolachas, teciam comentários na língua kaingang e se apropriavam do conhecimento acerca das preparações.

Após alguns dias, a agente de saúde Iraci e eu retornamos à comunidade para realizar nosso trabalho. Fomos convidadas por uma mãe para ir à sua casa. Atendemos ao pedido. Ao chegar próximo da casa, sentimos no ar um cheiro gostoso de bolacha.  As mulheres haviam se organizado, comprado os ingredientes em grupo e estavam preparando as receitas. Nossa presença na casa era para provar as bolachas e responder a elas se as preparações estavam saborosas como aquelas que fizeram conosco. Degustamos algumas bolachas. Elas nos falaram que as receitas eram as mesmas, porém, o que mudou foi a adequação às características do espaço e estrutura da casa. As bolachas estavam sendo assadas nas cinzas envoltas em folhas de bananeira e no forno do fogão a lenha.

A partir da experiência coletiva do preparo de bolachas, o grupo de mulheres passou a constituir-se como sujeito do processo na construção de alternativas concretas, investindo no conhecimento comunitário, contribuindo para a transformação da realidade em que vivem.

Previous Next
Close
Test Caption
Test Description goes like this
eskişehir escort - escort eskişehir - mersin escort - izmir escort - bursa escort bayaneskişehir escort - escort eskişehir - mersin escort - izmir escort - bursa escort bayan