NOTÍCIAS
ANTERIORES
Curso de formação com docentes possibilita conhecer diferentes modos de ser indígena
11/10/2019 - Informes

Durante quatro encontros, realizados nos meses de setembro e outubro, docentes da rede municipal de ensino de Estância Velha (RS) participaram do curso de formação “Povos Indígenas e a sala de aula – Conhecer, compreender e trazer para a sala de aula”, promovido pela Secretaria de Educação e Cultura (Semec) em parceria com o COMIN. Ao total, 38 docentes e também profissionais do Departamento de Cultura do município estiveram na formação que foi assessorada por nove pessoas indígenas, além da assessora de projetos do COMIN, Kassiane Schwingel.

Diversas temáticas foram abordadas nos encontros. No primeiro, realizado em setembro, tratou-se da realidade atual dos povos indígenas no Brasil, avanços e desafios no atual cenário de luta e questões sobre diversidade cultural e preconceitos. Nos encontros seguintes, a fim de aproximar as pessoas dos povos indígenas e promover o diálogo direto entre elas, sensibilizando para suas lutas e possibilitando a vivência da diversidade, pessoas de três povos indígenas diferentes participaram do curso: Gavião, Guarani Mbya e Kaingang.

Ao se tratar sobre o povo Kaingang, além de falar sobre sua cultura e como vivem atualmente, houve o preparo de alimentos típicos e uma pequena oficina de confecção de filtro dos sonhos. No encontro que contou com a presença indígena Guarani, tratou-se da cultura, luta e espiritualidade desse povo; e no último encontro, em outubro, o povo Gavião, de Rondônia, apresentou o contexto de vida amazônica.

Ao conhecer e ouvir pessoas de três diferentes povos indígenas, o grupo pode perceber como cada povo tem seu modo de ser específico, não sendo possível generalizar todos os povos como “índios”. As pessoas que participaram do curso também apontaram, ao final dos encontros, a necessidade de fazer ainda mais esse tipo de aproximação, pensando em momentos de continuidade como a ida até as comunidades indígenas.

Para mais informações sobre cursos de formação administrados pelo COMIN envie um e-mail para [email protected]