NOTÍCIAS
ANTERIORES
Passos de dança preparam jovens indígenas para os passos da vida
26/01/2010 - Informes

Passos de dança que, na interpretação dos povos indígenas, representam um ensaio para os passos da vida foram apresentados na quinta-feira, 21, por um grupo de crianças indígenas da aldeia Guarani do Canta Galo, em apresentação que reuniu mais de 60 pessoas no auditório Ernesto Th. Schlieper da Faculdades EST.

Na percepção dos povos indígenas, relatou o cacique Verá Poty, a dança e o canto constituem instrumentos lúdicos valiosos para a aquisição de conhecimentos e descoberta das potencialidades de sua existência. Desde cedo as crianças Guarani são incentivadas a expressar os seus sentimentos e interagir com a natureza através dos passos da dança, essenciais para manter o corpo "solto" e sintonizado com o seu entorno.

A apresentação dos índios Guarani foi realizada como atividade inserida no contexto da disciplina voltada à descoberta das Expressões Simbólico-Culturais Indígenas, ministrada pela Profª. Dra. Ana Luisa Teixeira de Menezes (UNISC) no Lato Sensu em Educação, Diversidade e Cultura Indígena.

"Esta atividade foi extremamente importante para percebermos o valor oferecido pelos povos indígenas à questão da corporeidade e da expressão de sua cultura e valores através do canto e da dança", destacou a coordenadora do curso, Profª. Ms. Cledes Markus.

Além dos estudantes do Lato Sensu, alunos e alunas do Mestrado Profissional em Teologia e pessoas convidadas da comunidade local participaram do evento, inclusive dançando e cantando em roda junto ao grupo de crianças indígenas durante parte da apresentação.

Totalizando 400 horas/aula, o Lato Sensu em Educação, Diversidade e Cultura Indígena é oferecido através de parceira entre o COMIN e a Faculdades EST e reúne educadoras e educadores, lideranças comunitárias e profissionais das mais diversas áreas do conhecimento provenientes do Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Minas Gerais e São Paulo.