NOTÍCIAS
Retomada de território em Canela/RS
11/08/2015 - Campos de trabalho

Dezenas de famílias Kaingang retomaram seu território tradicional no município de Canela/RS, no último dia 25 de julho de 2015. Esse território era reivindicado há muitos anos, inclusive já tendo sido atestada a ancestralidade Kaingang em um laudo independente feito no ano de 2008. Porém, nesse mesmo território, foi criado um Parque Ambiental, chamado Floresta Nacional de Canela. A ocupação feita pelos Kaingang trouxe à tona a presença indígena na região, antes ignorada, e também o estado de conservação do Parque.

As lideranças Kaingang demonstram preocupação em como se encontra este território, pois se vê grandes perdas na mata nativa. Da vegetação presente no Parque, grande parte são pinheiros-americanos e eucaliptos, árvores que não pertencem à mata nativa da região. Segundo as lideranças, a preservação ambiental foi tão pouco executada que não se percebe a presença de pássaros nativos, nem mesmo outras árvores que costumam existir junto com a araucária, como o cedro ou a jabuticabeira. Também é possível ver sinais de abandono do Parque em sua estrutura. Encontram-se equipamentos e estruturas inutilizados.

Nesse sentido, os Kaingang colocam a presença indígena como garantia de proteção dos pinheiros que ainda são encontrados, bem como a possibilidade concreta de recuperação da flora e fauna nativa. Retomar esse território é uma questão urgente para os Kaingang, tendo que fazê-lo, segundo eles “antes que a terra adoeça”.

Abaixo, seguem fotos do local, onde podem ser observadas as condições da área e as lideranças Kaingang que atualmente lutam por esse território para seu povo, mas também pela natureza.